As nove teses da Rua Augusta

Sempre há um ponto fundador em qualquer ponto de vista, certo? Sempre há os pressupostos sobre os quais a gente trabalha, aqueles pensamentos que demonstram da onde vem o nosso ponto de vista, qual a lógica que a gente aplica para tentar entender as coisas ao nosso redor.

Pensamento Barbudo, longe de ser um blog misógino/ machista é na verdade um blog sobre algumas reflexões livres sobre alguns fatos da realidade ao meu redor. Tento (re)criar conceitos para explicar o que vejo, a qualquer momento reformulando-os ou os abandonando conforme é necessário. Mais importante do que fazer a realidade se adequar aos meus pensamentos é tentar fazer com que os pensamentos se tornem tão abrangentes quanto possível, que eles ao menos tentem alcançar novos níveis.

Brincando com isso cheguei (em conjunto com um grande amigo meu que talvez um dia colabore aqui comigo) a algumas teses que longe de tentar explicar tudo, mostra alguns pressupostos que a gente trabalha. Ao menos mostra o bom humor que a gente trabalha sempre, porque nem tudo pode (ou deve) ser levado muito a sério.

E a partir disso criamos as Nove teses da Rua Augusta.

A questão do reboot (ou Aonde fica o botão de reset?)

A urgência do neologismo (ou a preguiça de usar um dicionário)

A parábola do prego (ou fixando e firmar-se nem sempre é bom)

O acesso ao código fonte (Let me see the Matrix)

JCVD como confirmação da teoria do nada (ou Como que pode ser tão chato)

Realidade: Verdade ou ficção? (ou A dança do patinho)

Musica para mim é terapia: Entendendo o Nirvana como uma saída

A filosofia pós moderna de Sly (ou Como eu chorei assistindo Rambo)

As luzes de tungstênio (ou libertação andarilha)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s